© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W
Please reload

Tags
Destaque

A águia que não queria voar (James Aggrey & Wolf Erlbruch)

December 28, 2017

1/10
Please reload

A Raiva (Blandina Franco e José Carlos Lollo)

27.10.2015

 

 

 

"No começo era só uma raivinha à toa. Uma coisa boba, que nem tinha razão de ser, mas que, mesmo assim, era." Assim começa a história de uma raiva que foi crescendo, crescendo, CRESCENDO até nem caber mais dentro de si. A raiva, esse sentimento tão presente, mas que é dos menos abordados em livros para crianças, é o personagem principal desta história. Um sentimento quase tabu, que aprendemos a abafar, mas não a enfrentar e entender. Por meio de uma dança muito bem executada entre imagens e texto, acompanhamos a raiva em seu crescimento desenfreado. Vermelha, muito vermelha, vai ocupando um lugar cada vez maior na página, como toma em nosso coração quando não encontra um lugar para se expressar.

 

Pontos de conversa:

1) A raiva e outras emoções

2) Situações que nos causam raiva.

3) Expressões de cólera nos humanos e em outras espécies

4) O poder do diálogo na expressão dos sentimentos

 

Sugestões para a Leitura Dialógica:

1) Mostre a capa e explore o tema, antes de ler a história.

2) Peça que cada criança defina o que é a raiva, para ela.

3) Detenha-se em cada imagem e peça que as crianças descrevam o que está acontecendo.

4) Pergunte a elas que materiais elas acham que o ilustrador utilizou para fazer as ilustrações.

5) Pergunte às crianças quais as cores usadas pelo ilustrador e por que elas acham que ele escolheu o vermelho para representar a raiva.

6) Na parte em que diz "Depois de um tempinho, ela começou a se alimentar de outras coisas", pergunte às crianças que tipo de coisa elas acham que pode alimentar a raiva, fazendo-a ficar cada vez maior.

7) Após as páginas que dizem "Até que tudo, tudo mesmo, alimentava aquela raiva. Se as pessoas estavam dançando ou se estavam sentadas conversando. Se estavam apaixonadas ou se praticavam algum esporte." Pergunte às crianças: O que você diria a essa raiva?

10) Peça para as crianças acharem a raiva na primeira página e ao longo da história. Elas irão comentar seu crescimento. Pergunte se elas também viveram uma história em que sentiram uma raiva crescer dentro de sí e como lidaram com a situação.

11) Ofereça tinta ou giz de cera preto e vermelho para as crianças experimentarem a expressão pelo desenho, usando duas cores básicas, como na obra.

Please reload