Please reload

Tags
Destaque

A águia que não queria voar (James Aggrey & Wolf Erlbruch)

December 28, 2017

1/10
Please reload

Um papai sob medida (Davide Cali & Anna Laura Cantone)

17.08.2017

Emocionante, surpreendente e sincero!

 

É um livro que aborda de forma profunda e sensível uma questão que é bem cotidiana a muitas famílias. Uma criança deseja um papai, quais são as expectativas aqui nossa pequena protagonista tem para ele? Com certeza, tem que ser digno de sua mãe, mas como achar um parceiro para a mulher mais alta, mais forte, mais bonita e mais esperta do mundo?

 

As ilustrações muito bem humoradas e magníficas nos revelam detalhes e afetos que a narrativa não deixa explícitos. Se delicie e deixe as crianças curtirem cada página, descobrindo os segredos e detalhes que nelas estão impressos. 

 

Além disso, Um papai sob medida nos lembra de maneira muito amorosa que não somos perfeitos e infalíveis. Diariamente, vamos frustrar algumas expectativas dos nossos filhos. Façamos as pazes então com os pais, mães, padrastos e madrastas possíveis, fazendo o que damos conta de fazer e sendo o que damos conta de ser.

 

Pontos de Conversa:

1) Relações familiares;

2) Amor e afeto;

3) Expectativa x realidade;

4) Pais perfeitos x pais possíveis;

5) Namoros e relacionamentos;

6) Sites de relacionamento;

7) Divórcio;

8) Genitores ausentes;

9) Luto;

10) Mulheres e homens que criam seus filhos sozinhos;

11) Constituindo novos lares e novas famílias;

12) Segundo casamento;

13) Preconceito;

14) Isolamento;

15) Modelos de família;

16) Questões de gênero;

17) Maternidade e paternidade;

18) Imaginação;

19) Classificados.

 

Dicas de Mediação:

1) Trabalhando a capa e o título.

a) O que as crianças entendem com a expressão sob medida? Dê sinônimos e exemplos para ajudá-las a ampliar a compreensão delas.

b) Uma vez que elas entendem um pouco melhor esta expressão idiomática, é viável perguntar o que elas entendem sobre o título. Como seria um papai sob medida para você?

 

2) Na folha de rosto encontramos quem será nossa protagonista com um trena. O que ela está fazendo? Será que ela está entendendo de forma literal o sob medida?

 

3) O livro começa com uma surpresa, pois até a página 14 não vemos sinal algum de papai. Na verdade, entre as páginas 6 e 14, somos apresentados a mãe da protagonista. Para cada característica e talento que ela apresenta da mãe, você pode perguntar as crianças se elas conhecem alguém alto assim, belo assim, esportista assim, etc.

 

4) Neste início de livro conhecemos como a protagonista percebe sua mãe. As ilustrações revelam de maneira sutil (através das expressões faciais de outros personagens) como as outras mães e pais percebem essa mãe. Ajude as crianças a inferir os sentimentos que compõe a atmosfera afetiva da relação mãe-filha e mãe-mundo.

 

5) Descobrimos a questão central do livro na página 15. "Mas as outras crianças também têm um pai. Eu, não". Algumas das crianças se identifica com a protagonista? Como será que ela se sente? O que será que aconteceu com seu papai? 

 

6) Ela, como lhe parece justo, não quer um papai qualquer.  Gostaria de ter um pai alto (pág. 15), forte e bonito (págs. 16 e 17), inteligente, esportista, legal que saiba montar quebra cabeça (pág. 18). O que vocês acham disso? Será possível encontrar um papai assim, com todas essas especificações? Onde vocês procurariam um papai assim?

 

7) Ela e sua mãe anunciam sua busca nos classificados do jornal (página 19). Talvez as crianças não conheçam classificados, apenas seus descendentes como sites de compras e vendas (OLX) ou sites de relacionamentos (E-Harmony). Por isso, levar um jornal e seu caderno de classificados, talvez seja interessante. Leia o anúncio que elas fizeram. O que as crianças acharam desse anúncio? E sobre o que são os demais anúncios na página do jornal?

 

8) Aparentemente, muitos respondem ao anúncio e sua casa fica repleta de candidatos a papai (págs. 20 e 21). Nossa protagonista parece satisfeita com os candidatos? Por quê? O que vocês fariam no lugar dela? Incentive a discussão entre as crianças e propostas criativas.

 

9) Opa! Apesar de não atender aos critérios, um candidato foi escolhido mesmo assim! (Página 22). Chegou a hora de saber um pouco mais dele (págs. 22 a 27). O que vocês acham dos talentos e características desse papai? Ele se parece com alguém que você conhece?

 

10)"Eu amo meu novo papai.

Apesar de não andar de patins.

Apesar de não montar quebra-cabeça.

Ele é o meu papai"

O desfecho da nossa história nos convida para refletir nossas relações familiares. Como seria sua receita de papai/mamãe sob medida? Quais características que seus pais tem diferente dessa receita, mas que fazem que vocês gostem deles mesmo assim?

 

11) Ao longo do livro, há uma pergunta que não quer calar e que quase nos tira o sono: que tipo de animal listrado é este? Um gato? Um macaco? Uma ovelha?

 

Dicas de Atividades:

1) No livro, nossa protagonista e sua mãe fazem um anúncio nos classificados. Que tal propor que as crianças façam seu próprio anúncio na escola à procura de um irmão, papai, professor, etc. Incentive a criatividade! Quem sabe eles não encontram um amigo sob medida - ou um que eles aprendam a gostar sem medidas! =)

 

 

Please reload

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W