Please reload

Tags
Destaque

A águia que não queria voar (James Aggrey & Wolf Erlbruch)

December 28, 2017

1/10
Please reload

A formosa princesa Magalona e o amor vencedor de Pierre D Provença (Rui de Oliveira)

09.02.2017

 

 

Uma obra de arte com gosto de legado cultura, o texto é próprio de bardos e trovadores e casa com ilustrações belíssimas à moda antiga. 

 

As cores, as texturas e a fonte! Tudo neste livro é delicado como uma joia...

 

Delicado como o anel de noivado,

que de Pierre foi furtado.

Será que os vares vai conquistar,

E o conde aos braços de Magalona vai voltar?

 

Descubra mergulhando neste épico conto sobre amor e provação.

 

Pontos de conversa:

1) Contos populares;

2) Realeza, tradições da corte;

3) Heroísmo;

4) Pirataria;

5) Península Ibérica;

6) Aventuras em alto mar;

7) Provações e promessas;

8) Herança;

9) Tempestades e fenômenos naturais;

10) Monstros marinhos;

11) Idade Média;

12) Peregrinação;

13) Religião;

14) Caminho de Santiago;

 

Dicas de mediação:

1) Seja um bravo brado versando essa história!

2) Foi a mãe de Pierre que quis conhecer a princesa mais bonita e convidá-la para as justas. (Página 13). Mas afinal o que eram as justas? Leve as crianças curiosidades sobre esse torneiro medieval.

3) Na ilustração vemos uma mulher da corte segurando um anel (página 12). Por que será que o anel não está em seu dedo? 

4) O conde saí em busca da princesa, decidido a jurar amor e fidelidade a princesa, para isso precisará vencer todos os adversários que encontrasse no caminho. Nas páginas seguintes vemos a ilustração do conde e seu cavalo e depois descobrimos que ele derrotou todos os adversários e que mesmo incógnito (as crianças sabem o que é incógnito?) fez com que a princesa se apaixonasse por ele. Como será que a princesa se apaixonou sem conhecê-lo? (Páginas 14 e 15).

5) Conde Pierre propõe que eles fujam, e é isso que eles fazem. Por que será que eles precisam fugir? (Págs. 16 e 17).

6) Atente as ilustrações para onde será que eles estão indo? (Páginas 18 a 21).

7) Eles adormecem e então uma gaivota afana o lenço e a aliança que Pierre trazia consigo. (Página 22 e 23)

a) A cegonha ilustrada é um tanto estranha. Incentive as crianças a confabularem sobre a cegonha. 

b) De onde será que veio essa aliança?

c) Conde promete a Magalona resgatar o anel para que pudessem se casar. Por que será que ele não quer casar sem o anel ou com outro anel? 

8) A ilustração nas páginas 24 e 25 nos adiantam um pouco sobre as provações de Pierre, por que será que ele está em alto mar?

9) As coisas não vão boas para Pierre, um peixe comeu seu anel no Golfo de Biascaia. Onde fica este lugar? Este peixe é meio esquisito (página 26 - e nossa figura destaque da reportagem).  Mesmo que Pierre soubesse que seu anel foi comido, como poderá achar um peixe no mar?

10) Para piorar Pierre é capturado e escravizado por piratas mouros. O que é um mouro? De onde eles vêm? (Págs. 28 e 29).

11) Mas na pequena porção do dia, Pierre encontra seu anel! Ficou esperando por uma chance de escapar. O que pode acontecer para ajudá-lo a escapar? (Páginas 30 e 31).

12) Sua espera durou anos, mas chegou uma terrível tempestade, o navio naufraga. Ajude as crianças a levem a ilustração da página 32, quem será que pode ter mandado a chuva?

13) Pierre chega a Espanha e precisa peregrinar para encontra sua amada, passando pelas trilhas de Santiago. Peregrinação, religião e geografai podem ser alguns pontos de conversa nesta página. 

14) O conde chega envelhecendo e sofrido a cidade (págs. 36 e 37) ninguém o reconhece apenas Magalona. O que será que a cidade pensaria sobre Pierre se ele tivesse chegado no dia seguinte de sua fuga com a princesa?

15) Temos a emocionante cena de reencontro dos dois amantes (págs. 38 e 39). Qual a atmosfera afetiva da cena? Quanto tempo parece ter se passado?

16) Finalmente, anos mais tarde eles se casam (págs. 40 e 41). O que vocês acham dessa história? Lembram de como ela começou? Será que a mãe de Pierre viu seu filho se casar?

 

 

 

 

Please reload