© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W
Please reload

Tags
Destaque

A águia que não queria voar (James Aggrey & Wolf Erlbruch)

December 28, 2017

1/10
Please reload

Selvagem (Emily Hughes)

22.05.2016

Selvagem de Emily Hughes conta a história de uma menina feliz e selvagem, integrada a natureza e livre, que por armadilha do destino é levada ao mundo urbano e pressionada para agir como os demais! Como ela vai resolver isso? Vai conseguir voltar para casa? Aqui está um livro muito inquietante tanto para as crianças quanto para os mediadores, na história de nossa vida, somos como mais como ela, procurando sua liberdade, ou somos como o Psiquiatra tentando enquadrar a nós mesmos - e aos demais? Traduzido por Maria Luiza Borges e trazido para o Brasil pela editora PequenaZahar, Selvagem é um livro ricamente ilustrado e muito emocionante.

 

Pontos de conversa:

1. Mudanças 

2. Adoção

3, Regras

4. Diversidade

5. Como lidar com a raiva?

6. Vontade de fugir de casa

7. Ingresso no mundo adulto

8. Aprendizagem

9. Escola

10. Alfabetização

11. Saúde mental

 

 

Sugestões de leitura dialógica:

1. Explore o título: afinal o que é selvagem?

2. Explore a relação das crianças com a personagem: Já te chamaram de selvagem alguma vez? Se sim, o que você estava fazendo na hora? Em que situações você é selvagem?

3. O livro começa com um mistério, como será que ela chegou até ali? Como será que os animais reagiram ao encontrá-la? (Página 5).

4. Uma vez que a floresta a adotou aproveite para perguntar o que é adoção. O que a gente faz quando adotamos alguém? (Página 5).

5.  Quem adota, cuida, nutre e ensina. O que os animais podem ensinar a ela? (Página 5).

6. Ela está aprendendo coisas novas, como será falar como um pássaro? Faça barulho com as crianças! (Página 7).

7. Ela já aprendeu a falar como os pássaros e a comer como os ursos, o que as raposas podem ensinar para ela? (Página 9).

8. Ela está em paz, bem sabida e integrada com a floresta. Como vocês se sentem quando entendem as coisas que estão acontecendo? (Página 10).

9. De repente, esta história está boa de mais! O que será que poderia acontecer que mudaria a vida dessa menina? (Página 10).

10. Como ela foi encontrada pelos caçadores? Como vocês se sentiriam no lugar dela? (Página 12).

11. Se vocês fossem esses caçadores que encontram uma menina sozinha na floresta, o que vocês fariam? Para onde a levariam? (Página 13). 

12. Uma explosão de sentimentos, pergunte às crianças que emoção cada um dos personagens está expressando. (Páginas 14 e 15).

>>Começa a segunda parte do livro que vai ter como tema a menina no mundo urbano, são páginas muito ricas com muitos elementos visuais, não tenha pressa para explorar a imagem com as crianças. Há quatro novos personagens: aqueles que se opõe a protagonista (o Psiquiatra e sua esposa) e aqueles que vão acolhê-la (o gato e o cão), observe e pontue para as crianças a interação desses personagens<<

13. O que é um psiquiatra? Por que ela foi levada para um médico desse tipo e não para outro lugar? O que ele está anotando? O que ele tanto estuda - explorar livros e materiais escritos. (Páginas 16 e 17).

14. Pergunte as crianças que emoções elas percebem no psiquiatra e na menina. Alguma vez elas se sentiram como a personagem numa sala de aula ou em casa? Como foi? (Págima 19).

15. Que tragédia! Eles fazem tudo tão diferente! Que outras maneiras o Psiquiatra e sua esposa poderiam ter recebido a menina? (Página 23).

16. No lugar dela, o que vocês fariam? (Página 25).

17. Agora que ela voltou para seu lar, o primeiro lugar que a adotou podemos nos perguntar. O que foi diferente da "adoção" do Psiquiatra e da adoção dos animais da floresta? (Página 27).

18. Observem o Psiquiatra e sua esposa ao fundo, sem entenderem nada, como seria levar o Psiquiatra e sua esposa para a floresta? (Página 27). 

19. A menina selvagem conseguiu voltar para seu lar, mas nem sempre conseguimos voltar as coisas como eram antes. Quais outras formas podemos fazer para se adaptar a novos lugares e mudanças? (Página 29).

20. Que outros finais vocês conseguem imaginar para esta história? (Página 29).

Please reload